top of page
  • Foto do escritorMarcus Araujo

Competências socioemocionais na educação parental


Você deixa sua criança se expressar livremente?

A importância de dar abertura para as crianças expressarem suas emoções, sejam elas positivas ou negativas.


Como pai, terapeuta e estudante assíduo da mente humana eu preciso falar disso para vocês, meus seguidores e amigos! Mesmo que você não tenha ou não pretende ter filhos esse conhecimento é importante para você.


O estudo das emoções deveria ser matérias obrigatória nas escolas, desde os primeiros anos, além das competências cognitivas as competências socioemocionais têm uma função importantíssima no desenvolvimento humano.


Ninguém nasce conhecendo suas emoções, porém, todos lidam diariamente com muitas delas, crianças sentem raiva, frustrações, tristezas, alegrias, e ainda que não compreendam o que está acontecendo reagem aos sentimentos de diversas maneiras, gritos, choros, ficam eufóricas, bravas, e por ai vai.


Dai vem a necessidade de aprenderem a reconhecer suas emoções, e a função de ensiná-las é de quem? Dos pais ou a figura significativa de identificação, quanto mais cedo uma criança aprender identificar, entender e comunicar o que aquela emoção quer dizer naquele momento melhor será o relacionamento dela com ela mesma, e dela com as demais pessoas.

Como pai eu incentivo as minhas filhas a falarem sobre os seus sentimentos, com uma escuta ativa, por mais que em muitos momentos venha a vontade de interromper e falar algo, mas seria a minha visão diante de algo que ela está sentindo, então deixo com que se expresse, e quando necessário crio oportunidades para trabalhar uma ressignificação ou uma validação no caso de emoções positivas.


Apoie e procure ensinar a criança a se manifestar, ensinando maneiras de se expressar e permitindo que ela lhe peça ajuda sempre que necessário.


Marcus Araújo - Hipnoterapeuta


(11) 99160-6991

20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page